Mas ainda dá tempo de curtir algumas peças de Teatro !

Em Cartaz no Teatro Morumbi Shopping o 2º Festival de Teatro, vamos conferir e curtir os últimos dias de férias das crianças !!!

A ÚLTIMA ÁRVORE
A ÚLTIMA ÁRVORE (PIA FRAUS)

A Última Árvore conta a história de uma árvore centenária que dá origem a uma linda floresta onde habitavam bichos e índios. Ela é testemunha do tempo. Assiste ao avanço da cidade sobre a floresta e, prestes a ser sacrificada, é protegida pelas crianças, que propõem um novo modelo de convivência com a natureza.

SERVIÇO
Temporada: 15 a 29 de janeiro
Domingo, às 12h e 15h
Duração: 50 minutos
Classificação etária: Livre
Ingresso: R$ 50,00

CÍRCULO DAS BALEIAS
CÍRCULO DAS BALEIAS (PIA FRAUS)

O Círculo das Baleias é uma viagem ao fundo do mar para conhecer o ciclo de vida das baleias jubarte, bem como as condições necessárias para a sobrevivência destes animais. Este espetáculo apresenta às crianças um recorte do ecossistema marítimo brasileiro, que serve como um sinal de alerta para a sua própria preservação. Jujuba, uma pequena baleia jubarte, nascida na Bahia, conta com a ajuda de Gardel, um simpático pinguim argentino, que a acompanhará em suas aventuras até chegar ao Polo Sul.

SERVIÇO
Temporada: 11 a 25 de janeiro
Quinta, às 15h
Duração: 50 minutos
Classificação etária: Livre
Ingresso: R$ 50,00

BICHOS DO BRASIL
BICHOS DO BRASIL (PIA FRAUS)

A história retrata a riqueza da fauna brasileira por meio de recursos plásticos, sonoros e coreográficos. Pautado nos bonecos e na música, procura criar o ambiente da mata sem exigir um comportamento humano de seus personagens. O espetáculo é composto por uma sucessão de 15 esquetes que retratam o cotidiano dos animais numa selva tropical. "Bichos do Brasil" é um resgate para que não ocorra a extinção de nossos animais dentro do imaginário popular, que tanta influência exercem como fonte inspiradora dos mitos populares brasileiros.

SERVIÇO
Temporada: 14 a 28 de janeiro
Domingo, às 12h e 15h
Duração: 50 minutos
Classificação etária: Livre
Ingresso: R$ 50,00

FILHOTES DA AMAZÔNIA
 FILHOTES DA AMAZÔNIA (PIA FRAUS)

O espetáculo conta a relação dos pais com seus filhotes, tanto entre os animais como entre os seres humanos, mostrando a proximidade existente nas relações entre pais e filhos de qualquer espécie. A peça inicia com uma família indígena, cujo chefe contará aos pequenos indiozinhos diversas lendas e contos sobre animais. Assim, passam pelo palco esquetes com diversos tipos de bichos, divididas em três planos: o ar (com os pássaros), os rios (com peixes, piranhas e sapos) e a terra (onças, quatis, preguiças, macacos, entre outros).

SERVIÇO
Temporada: 12 a 26 de janeiro
Sexta, às 15h
Duração: 50 minutos
Classificação etária: Livre
Ingresso: R$ 50,00

GIGANTES DE AR
GIGANTES DE AR (PIA FRAUS)

Gigantes de Ar é uma história inspirada no universo do circo popular brasileiro, representado por quatro palhaços que se fazem às vezes de acrobatas, domadores, bailarinos e apresentadores. Através de bonecos infláveis gigantes, animais de circo são representados de forma lúdica, em que girafas bailarinas, um elefante azul de quatro metros, um leão medroso e um tigre engraçado são algumas das atrações do espetáculo.

SERVIÇO
Temporada: 10 a 24 de janeiro
Quarta, às 15h
Duração: 50 minutos
Classificação etária: Livre
Ingresso: R$ 50,00

O VAQUEIRO E O BICHO FROXO
O VAQUEIRO E O BICHO FROXO (PIA FRAUS)

O Vaqueiro e o Bicho Froxo aborda mitos da cultura popular brasileira por meio do folclore. O espetáculo conta a história do Vaqueiro que vê Rosinha, seu grande amor, ser raptada pelo terrível Bicho Froxo. Para tê-la de volta terá de percorrer um caminho perigoso, onde será ajudado e perseguido por personagens do universo mítico brasileiro.

SERVIÇO
Temporada: 13 a 27 de janeiro
Sábado, às 12h e 15h
Duração: 50 minutos
Classificação etária: Livre
Ingresso: R$ 50,00

HORÁRIO DA BILHETERIA
Terça a Quinta das 14h às 20h;
Sexta das 14h às 21h;
Sábado das 11h às 21h;
Domingo das 11h às 19h;

O Teatro Morunbi Shopping está localizado na Av. Roque Petroni Júnior, 1089 - Jardim das Acácias, São Paulo.


CiS

Daqui alguns dias daremos inicio as aulas novamente, e pudemos conhecer essa semana os produtos da CiS, a qual é a marca própria da Sertic e parceira da aprendizagem do brasileiro. A linha é desenvolvida através de parcerias nacionais e internacionais. 
O maior orgulho da empresa é fornecer ferramentas para a educação e o desenvolvimento pessoal do ser humano, em cada etapa de sua vida, com qualidade e preço acessíveis.
A família CiS reúne os melhores e mais variados produtos escolares, de escritório e informática, que acompanham você nos estudos, no trabalho ou no dia a dia. Aqui ficamos encantados com os produtos, a régua flexível (essa o Gui ficou encantado e vai acompanha-lo no ano letivo), canetinhas, os lápis de colorir que também adoramos e vai fazer parte do dia a dia do Gui, eles são de alta qualidade, cores diferenciadas, diversas tipos de pontas (até para as crianças que estão iniciando seus primeiros desenhos e ainda não tem muita coordenação motora), são macios para escrever e resistentes.


Atividades para fazer com as crianças em casa

As férias escolares ainda tem mais alguns dias (aqui as aulas só retornam dia 23/01), mas, as vezes por conta do trabalho os pais não conseguem tirar férias juntos ou mesmo pela falta de grana (pois sabemos que em alta temporada os lugares são mais caros), mas isso não quer dizer que os dias em casa não podem ser divertidos né. Bastam um pouco de criatividade, disponibilidade e disposição para brincar! E o legal das dicas que vou dar a seguir, servem também para feriados e fim de semanas!!


Pediatra da Perinatal ajuda na preparação da bagagem dos pequenos aventureiros!

Férias, seja no começo do ano ou no meio, é uma época perfeita para poder viajar em família, já falei aqui "5 motivos para viajar com os filhos"
Mas colocar o pé na estrada com um bebê/criança exige alguma preparação para garantir que será um tempo de ouro e não de sufoco. Do desconforto dentro do avião a contatos de emergência e caixinha de remédios, Dr. Jofre Cabral, pediatra e neonatologista da Perinatal, dá algumas dicas e soluções para os problemas mais comuns que podem acometer quem está planejando colocar o pé na estrada pela primeira vez com o bebê. Vamos conferir!

1) No avião
Nos procedimentos de decolagem e pouso é comum que a criança sinta a pressão no ouvido e isso lhe cause desconforto. “O movimento de sucção ao mamar, geralmente, é o suficiente para aliviar esse problema. Caso a criança continue reclamando, fazer calor no ouvido, com a própria mão ou uma cobertinha, para diminuir essa pressão,”. Quando eu fiz a nossa primeira viagem de avião o Gui já era maiorzinho e não usava mamadeira, então levei o copinho dele de treinamento para beber enquanto fazíamos o pouso e decolagem para amenizar o desconforto.
2) Farmácia
Dr. Jofre sugere uma consulta antes da viagem para ver se o bebê precisa de algum medicamento específico. “Para os casos mais comuns, é recomendado um antitérmico e um termômetro para febre, mordedores para os dentinhos, soro fisiológico, creme para assaduras, filtro solar, pinças pequenas para o caso de farpas ou ferrões de insetos, pomadas cicatrizantes, gaze, tesourinha, esparadrapo para feridas e remédio para gases. Antibióticos são desnecessários e todos os medicamentos prescritos precisam ser transportados juntos com suas receitas”. 
3) Sol e estrada
“Para crianças acima de seis meses de idade é sempre importante aplicar o filtro protetor solar e respeitar os horários de exposição segura ao sol – antes das 10h e depois das 16h. Caso ele seja um pouquinho mais novo, não pode usar protetor e, por isso, o cuidado é ainda maior. Leve um chapéu, fique na sombra e não permita que o bebê fique exposto por mais que 15 minutos. Em viagens de carro, é bom cobrir as janelas para evitar que o sol atinja o bebê. Para viagens a locais frios e nevados, roupa adequada e manteiga de cacau, para proteger os lábios”.
4) Emergências
Para evitar sustos, o médico sugere levar o telefone do pediatra e dos contatos de emergência, não esquecer a carteirinha do plano e ter conhecimento dos hospitais mais próximos da região em que ficará hospedado. “Também sugiro que as mães saibam fazer soro caseiro para o caso de desarranjos intestinais”. A receita recomendada pelo UNICEF é: uma medida rasa de sal da colher padrão para duas medidas rasas de açúcar em um copo com água. A colher padrão é distribuída gratuitamente nos postos de saúde e farmácias populares.
5) No hotel
Dr. Jofre sugere também que a mãe fique atenta às cozinhas dos hotéis, para verificar a possibilidade do preparo rápido de refeições específicas para a criança ou ainda se permitem que a mãe possa preparar a comida do bebê. Em relação à amamentação, a orientação é não carregar o leite. “O melhor meio de transporte do leite é dentro do seio. Mas, caso ela deseje levar, lembro que o leite deve ser conservado na geladeira por 24 horas. Se congelado, dura até 15 dias”. Quando procuramos lugar para ficar uma das coisas que pesquisamos (não que seja essencial, mas ajuda muito na hora da escolha) é se o hotel/resort tem cozinha aonde podemos preparar alguma coisa para o Gui, seja um leite no meio da tarde ou antes de dormir.
6) Na estrada
Em viagens de carro, a segurança fica em primeiro lugar. “A cadeirinha com o cinto de segurança adequado é fundamental para o transporte do bebê e a mãe deve retirá-lo dela com o carro totalmente desligado. Os pais devem também garantir que haja cintos disponíveis para todos da família e programar paradas a cada três horas para olhar o bebê ou a cada vez que ele reclamar”.
7) Turistando
Na cidade, o pediatra dá algumas dicas para o dia. “Bebês mais novos podem ficar tranquilamente no canguru ou no sling, desde que estejam confortáveis. Já crianças mais velhas, terão mais liberdade se caminharem. Recomendo também aos pais que levem um edredom pequeno ou uma toalha mais grossa para o caso de querer colocar a criança na grama ou na areia. Dessa forma, podemos evitar surpresas como mordidas e/ou picadas de animais e insetos.”.
Confira aqui alguns registros de algumas das nossas viagens para GuarujáCosta do Sauípe Maceió !!!

E vocês acrescentariam mais algumas dicas para quem está indo viajar com os filhos?


A Dona Cegonha passou por aqui !!!

Como já contei aqui, o Gui já estava um tempo pedindo um bebê, e mesmo eu também querendo mais um filho, o marido dizia que no momento não (e sempre compreendi os argumentos dele). Mas mesmo assim o Gui continuava pedindo (e eu no fundo pedindo que ele mudasse de ideia também). Quando foi em meios de Março, durante uma conversa (entenda-se pedido do Gui para ele) uma irmã ele disse que ele poderia ter, que estava liberado "Oii?? Como assim? O que aconteceu?", na hora tivemos a mesma reação "Pai você tá falando sério?" e a resposta foi curta e grossa (no sentindo bom) "SIM", e foi pulo de felicidade do Gui, e paralisação da mãe (alguém traz o marido de volta ou melhor não traz não deixa esse aqui que gostamos kkk), na mesma noite interrompi a cartela de anticoncepcional e no dia seguinte marquei consulta com o meu médico, a qual só aconteceu dias mais tarde! E entre o SIM e a consulta foram longos dias com o Gui perguntando quando era o dia de ir no médico. Vocês devem ter a mesma curiosidade que eu tive O QUE FEZ ELE MUDAR DE IDEIA, e a reposta "NÃO SEI ATÉ HOJE", isso mesmo ele não me disse, mas tudo bem, o importante foi que o nosso desejo de ter um bebê ia ser realizado!
Eis que chega dia 11/04, o dia da primeira consulta, e pedidos de exames em mãos, agora era só realizar, começar a tomar a ácido fólico (ou como o Gui dizia o remédio para o nenê ir parar na minha barriga).
Sei que cada gravidez é diferente da outra, mas não tem como (pelo menos eu não consegui) não fazer comparações principalmente entre o tempo de começar a tentar e engravidar, na do Gui parei em novembro e começo de Dezembro já estava grávida, do #baby2 demorou 7 meses. 
Exames todos Ok, sem alteração e filho mais velho sempre perguntando quando a(o) irmã(o) chegaria.
Quando chegou outubro tinha colocado na minha cabeça que ia desencanar, que na hora certa ia acontecer, no feriado do dia 02/11 passeio o dia no PS pois já tinham 3 madrugadas que passava muito mal, suava frio, uma sensação de dor de barriga, tontura, mas nem encanei em estar grávida pois ainda estava para vim minha menstruação, devido a isso só fiz exame de sangue e urina para descartar alguma infecção, e para verificar as dores o médico pediu para fazer ultrassom do abdômen aonde acusou uma alteração, mas não era a causadora das dores, e devido a isso realizei também ressonância com contraste.
Eis que chegou dia 06/11 e não apareceu a minha menstruação, passou 1, 2, 3, 4, 5 dias e nada, então  no dia 10/11 a tarde resolvi fazer um teste de farmácia (já esperando negativo pois na do Gui não deu certo), e pra minha alegria o POSITIVO apareceu, e a noite contei para o marido, deixando um body e o teste em cima da cama com um bilhete para ele dando os parabéns, e na mesma noite fomos novamente ao hospital realizar o beta e conversar com o médico já que dias antes havia feito exame com contraste. 
Mãe de dois
Contando a novidade para o papai
Na noite seguinte (11/11) a cegonha deixou uma cartinha para o Gui, contando para ele que foi PROMOVIDO A IRMÃO MAIS VELHO, e a reação dele ao ler a cartinha não podia ser mais linda, ele adorou saber e comemorou bastante, e lógico as perguntas começaram a disparar.




Agora foi hora de voltar ao médico com o exame e começar os novos cuidados, mas isso ficará para outro post, onde prometo contar como foi a consulta e nossos ultrassons !!


A importância de fazer do seu uso um hábito diário na vida dos pequenos!

A época do ano mais aguardada pelas crianças chegou. A temporada é de férias na praia, passeios ao ar livre e longas tardes na piscina, mas é fundamental que a pele das crianças esteja protegida com protetores solares especialmente formulados para suas necessidades, com alto fator de proteção solar e menor risco de alergias.  
 
O descuido de esquecer de aplicar o protetor solar em todos os momentos de exposição ao sol, ocasiona danos com efeitos cumulativos ao longo de toda a vida. Dermatologistas indicam que é fundamental conscientizar os pequenos da importância de utilizar todos os dias o filtro solar e fazer disso um hábito rotineiro, como escovar os dentes ou tomar banho, por exemplo. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia, 75% da radiação acumulada durante toda a vida ocorre na faixa entre 0 e 20 anos, por isso, a proteção solar deve estar presente na vida das crianças desde muito cedo e deve ser redobrada durante o verão.
 
O uso frequente de protetor solar até os 18 anos diminui em 78% os riscos de desenvolver câncer da pele, por isso a recomendação é iniciar o cuidado assim que o bebê completa 6 meses de idade.
 
Episol Infantil é uma linha de fotoprotetores desenvolvida especificamente para proteção da pele sensível das crianças, disponível nas apresentações FPS 50 e 70. Os produtos possuem associação de filtros e ativos que promovem alta proteção contra os raios UVA, UVB e infravermelho e são livres de conservantes, parabenos e fragrância. Sua fórmula hipoalergênica oferece menor risco de alergias e é clinicamente e oftalmologicamente testada. A linha infantil possui textura leve e de rápida absorção, o que garante facilidade na aplicação e aumenta a permanência do produto na pele. Episol Infantil é resistente ao suor e à água, permitindo até 80 minutos de imersão.
 
Todos os dermocosméticos Mantecorp Skincare podem ser encontrados em farmácias e drogarias de todo o país. Para conhecer mais sobre a linha completa de hidratação, rejuvenescimento, fotoproteção e cuidados específicos da marca, visite o site www.mantecorpskincare.com.br ou a fan page oficial www.facebook.com/MantecorpSkincareOficial.

Preços sugeridos:
Episol Infantil FPS 50: R$ 87,00
Episol Infantil FPS 70: R$ 90,00

Fonte: Assessoria


As férias escolares chegaram e vamos conferir algumas razões que valem a pena viajar com os filhos.

Com as férias escolares, alguns pais conseguem conciliar as férias do trabalho com as do filhos e poder curtir alguns dias na praia, campo ou fora do país, e esses dias fora pode ser maravilhosos para entrar em contato com novas culturas, costumes e línguas. Aqui o marido tenta sempre conciliar alguns dias na mesma época das férias do Gui para que possamos viajar, e hoje no post trago alguns motivos que valem a pena arrumar esse tempo junto.
  1. Viajar estreita os laços familiares;
    Como está cada vez mais comum além do pai a mãe também trabalhar fora, a viagem faz com que aproveitem mais esses momentos para curtir a família e para aproveitar os filhos. Por isso nesse momento vale a pena esquecer do trabalho, desconectar das redes sociais e viver plenamente a experiência;
  2. Viajar cria memórias inesquecíveis:
    Viajar nos distancia do stress do dia a dia e acaba proporcionando momentos inesquecíveis. Quando a família entra em sintonia, a rotina é leve e as interações muito mais divertidas, registrando na memória: “como é gostoso estar com a minha família”;
  3. Viajar contribui com o processo de aprendizagem:
    Uma boa viagem precisa do equilíbrio entre explorar, descansar e brincar. Quando estiver montado o roteiro, reserve um tempo para que as crianças possam brincar e se divertir. Durante a viagem, mostre aos seus filhos as coisas que possam contribuir com o processo de aprendizagem, como por exemplo se forem visitar um museu proponha um caça ao tesouro às principais obras, mas se o destino for praia, convide os pequenos a observar a natureza;

  4. Viajar estimula o exercício da flexibilidade e adaptabilidade:O mundo está em constante mudança e a capacidade de se adaptar é condição chave para o sucesso. Em vez de quase enlouquecer para criar um ambiente “copy paste” de casa, procure mostrar as características do lugar, estimulando a flexibilidade. O que isso quer dizer? Quando estiver no lugar prove uma comida diferente (comida típica da região por exemplo), ir ao supermercado, andar de transporte público observando a rotina das pessoas. As crianças têm a capacidade de se adaptar e podem te surpreender, sem contar que vão guardar experiências super legais
  5. Viajar ensina a respeitar e entender a diversidade:
    O novo muitas vezes gera desconforto, não só para nós como para as crianças também. Quando viajamos devemos valorizar o diferente e ensinar às crianças o respeito ao próximo (na verdade não só em viagens né, mas sempre no dia a dia). Procure entender as características da cultura local e mostrar que a riqueza está na diversidade. Tenha certeza que cada experiência ajudará seu filho a ter uma visão de que o mundo é muito maior do que a família, a escola e os amigos. Quando pensar no custo de uma viagem, lembre-se que viagem de férias é um investimento que vai além de simplesmente conhecer um lugar especial. Sempre que possível ultrapasse as barreiras geográficas e o mais importante: em vez de tirar fotos para postar, registre na alma cada momento em família... é isso que faz a vida valer a pena.


Mundinho GEEK faz colônia de férias para pequenos fãs de cultura pop

Os pequenos geeks já têm um programão para as suas férias. De 9 a 13 de janeiro, acontece no Espaço Telezoom, no Humaitá, a segunda edição da colônia de férias Mundinho Geek, destinada a crianças de 3 a 9 anos apaixonadas pelo universo da cultura pop. Desta vez, as crianças serão divididas em duas turmas: a Baby, para os pequenos dos 3 aos 5 anos. E a Kids, para as crianças dos 6 aos 9 anos.

Entre as atrações: oficinas de stop motion, artes visuais, culinária nerd, atividades educativas, contação de histórias, roda de musicalização, quiz nerd e desfile cosplay. E cada mini geek ainda poderá escolher um responsável adulto para acompanhá-lo numa visita ao Museu Light da Energia (o transporte já está incluído). Para encerrar a semana em grande estilo, os pequenos geeks entrarão no universo lúdico com a festa dos super-heróis!
  
- Acreditamos que as crianças aprendem com mais prazer quando são estimuladas a brincar – defende Juliana Rodrigues, com a experiência de quem coordena a colônia de férias do Planetário da Gávea há alguns anos. - Quero ver muitas crianças vestidas de cosplay vivenciando a cultura pop durante as férias – completa a produtora que está à frente da Imagem Cultural, empresa responsável pela colônia de férias Mundinho Geek.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no site www.mundinhogeek.com.br ou pelo e-mail feriasmundinhogeek@gmail.com. As vagas são limitadas e o pagamento pode ser parcelado no cartão de crédito.

SERVIÇO - Colônia de férias Mundinho Geek
Data: 09 a 13/01 de 2017
Local: Espaço Telezoom. Rua Miguel Pereira, 38. Humaitá.
Informações: 9 6907-2480/ 2220-5243 (segunda a sexta, das 11h às 17h)

Turma Baby
Horário: 08h30 às 12h
Faixa etária 03 a 05 anos
Inscrições: R$490,00 (para pagamentos até 31/12) e R$520,00 (em janeiro)
Os pagamentos para a semana podem ser parcelados no cartão de crédito
Diária: R$140,00 (somente via depósito bancário)
Onde comprar: www.mundinhogeek.com.br
ou pelo e-mail feriasmundinhogeek@gmail.com (depósito bancário)


Turma Kids
Horário: 13h30 às 17h
Faixa etária: 06 a 09 anos
Inscrições: R$490,00 (para pagamentos até 31/12) e R$520,00 (em janeiro)
Os pagamentos para a semana podem ser parcelados no cartão de crédito
Diária: R$140,00 (somente via depósito bancário)
Onde comprar: www.mundinhogeek.com.br
ou pelo e-mail feriasmundinhogeek@gmail.com (depósito bancário)

Inclui: Oficina de stop motion, oficina de artes visuais, oficina de culinária nerd, atividades educativas, roda de musicalização, quiznerd, desfile cosplay, contação de histórias, oficina de naves espaciais, festa de super-heróis, visita ao Museu Light da Energia com transporte (para a criança inscrita + um responsável adulto).

*Programação sujeita a alteração sem aviso prévio.
*As turmas acontecem com quórum mínimo de 13 crianças.
  
PLANETÁRIO DA GÁVEA REALIZA COLÔNIA DE FÉRIAS EM JANEIRO


Uma semana inteirinha de diversão e muito aprendizado! Assim será a Colônia de Férias Brincando e Aprendendo Astronomia, que acontece entre os dias 16 e 20 de janeiro, no Planetário da Gávea, museu que é um dos favoritos da garotada.

Destinada a crianças dos 6 aos 10 anos, a colônia terá atrações bem diversificadas sempre levando a sério a ideia de que é brincando que se aprende. Todos os dias, o bate-papo com os astrônomos leva as crianças à cúpula do Planetário, onde os pequenos assistem à projeção de filmes e aprendem sobre astronomia.

Colônia férias Planetário 

Outras atrações são: Arena Jedi, com ensinamentos e duelos com um Mestre Jedi caracterizado; Oficina de Stêncil em que as crianças criam desenhos ligados a astronomia usando moldes; Oficina de Stop Motion; Oficina de Naves Espaciais e ET, em que a criança aprende a criar naves e ETs com itens reciclados; Oficina de Light Painting, que ensina técnicas de fotografia com a luz em movimento; e Oficina de Cosplay Alienígena, com customização de camisetas e confecção de acessórios extraterrestres. As crianças que participarem ainda terão a oportunidade de conhecer outro museu, já que será realizada uma visita ao Museu Light de Energia.

A Colônia de Férias do Planetário da Gávea é produzida pela Imagem Cultural, empresa responsável pelo educativo do Museu Light de Energia e de diversos projetos infantis no Planetário da Gávea.

- Esses projetos que realizamos há anos nos deram uma certeza: a melhor maneira de aprender é brincando! Por isso, investimos em conteúdos educativos e lúdicos, que despertam o interesse das crianças e são sempre uma grande diversão – explica Juliana Rodrigues, organizadora da colônia.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo e-mail feriasnoplanetario@gmail.com.
As vagas são limitadas.

SOBRE A IMAGEM CULTURAL
Criada por Juliana Rodrigues, que é historiadora da arte e educadora, a Imagem Cultural é uma produtora pioneira em projetos de cunho educativo para museus e fundações nas áreas de ciência e tecnologia. Durante dois anos e meio, foi a responsável pelo projeto Estação Educativa do Planetário da Gávea, que adaptou para crianças menores de cinco anos, o ensino de física e astronomia. Também cuida da parte educativa do Museu da Light da Energia e produziu eventos como a Jedicon, que é a convenção anual dos fãs de Star Wars, em 2015.


SOBRE O PLANETÁRIO DA GÁVEA
Inaugurada em 19 de novembro de 1970, a Fundação Planetário se dedica a difundir Astronomia e ciências afins e oferecer cultura e lazer de qualidade à população carioca e demais visitantes. Já se tornou sinônimo de diversão. Não só pelas Sessões de Cúpula, mas por promover, para todos os tipos de público, uma série de atividades e projetos culturais que permitem a integração entre as mais diversas áreas da ciência.

SERVIÇO - Colônia de férias Brincando e Aprendendo Astronomia
Data: 16 a 20 de janeiro de 2017
Local: Planetário da Gávea - Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea
Faixa etária: 6 a 10 anos
Horário: 13h às 17h
Inscrições: R$ 360,00 (para pagamentos até dia 31/12) e R$ 390,00 (em janeiro)
Diária: R$ 85,00

Inscrições através do email: feriasnoplanetario@gmail.com

Inclui: Bate-papo com astrônomos, Arena Jedi (ensinamentos e duelos com um Mestre Jedi caracterizado), Oficina de Stêncil (as crianças criam desenhos ligados a astronomia usando moldes), Oficina de Stop Motion, Oficina de Naves Espaciais e ET, Oficina de Light Painting, Oficina de Cosplay Alienígena, além de uma visita ao Museu Light de Energia.

*Programação sujeita a alteração sem aviso prévio.